Paróquia Sant'Ana Sousas
Paróquia

Sant'Ana Sousas

Capelas

Capela São Sebastião

Localizada à Rua Maneco Rosa, s/n em frente à sub-prefeitura de Sousas, é a mais antiga da região.​
Estamos levantando os dados para atualizar este espaço. Aguardem!

Clique aqui e veja algumas fotos do interior.

Capela de Santa Cruz

Construída no início do século XX em atenção à promessa de dona Carolina Fornazari, com doações da comunidade, em terreno que na época pertencia a Amador Nóbrega e Irmãos, e que foi doado para aquele fim. Reformada muitos anos depois por Alice Maria Trevisani Pedroso, Yolanda Trevisani e Cleule Apparecida Bernardo, é muito bem conservada pela Família Trevisani Bernardo.

Capela Santa Rita de Cássia

capela-santa-rita-de-cassia2Como tudo começou?
Idealizada por um grupo de 15 sócios do Clube de Campo Irapuã conhecidos como “Andarilhos do Irapuã”, que inspirados por um dos membros que toda vez que por ali passava, cantava o hino em louvor a Santa Rita. A Capela foi erguida graças a colaboração de inúmeros voluntários e inaugurada em 1988 com a oração do Santo Terço, em frente à capela, perdurando até novembro de 1998.

Como nasceu a Turma do Zagaia?
A turma nasceu espontaneamente no início da década de 1990 entre os amigos e devotos de Santa Rita de Cássia. Essa turma passou a zelar pela manutenção de seu belo entorno e até hoje se reúnem aos domingos pela manhã para tal função. São eles que carinhosamente auxiliam a Comunidde de São Joaquim/São Roque, na organização das Missas.

capela-santa-rita-de-cassia1Um momento muito especial: “A primeira Santa Missa” campal.
A pedido da Turma do Zagaia em 22/05/1999, o Pe. Paschoal Brazilino Canôas presidiu a celebração da primeira de muitas Santas Missas. E, para que fosse lembrada de forma significativa foram plantadas naquela data duas mudas de árvores: Mirindiba Rosa e Pau Ferro que hoje ajudam a compor o verde exuberante do local.

Quando são celebradas as Santas Missas?
São celebradas em um cenário encantador. Inicialmente apenas no mês de maio sendo que, a partir de 2001 passou-se a celebrar também em novembro; sempre no terceiro domingo dos meses de Maio (mês em que se celebra o dia de Santa Rita de Cássia) e novembro (mês da inauguração da Capela).
São incontáveis as bênçãos se recebe entre o arvoredo e o ribeirão, entre o canto dos pássaros e o piso de terra.
São momentos de rara beleza, alegria e cor, quando as rosas são erguidas para serem abençoadas pelo padre.

A imagem peregrina de Santa Rita
A cada Santa Missa a imagem de Santa Rita, conhecida como advogada das causas impossíveis é entregue para uma família que necessita de sua intercessão, seja por motivo de saúde ou outra
necessidade e ali permanece por seis meses, marcando sua presença, exalando seu perfume, ouvindo as preces e entregando-as a Jesus. Ela é trazida na missa vindoura, por corações gratos acompanhada de um buquê de rosas vermelhas que é sua identidade e entregue para outra família que recebe a amiga:
Santa Rita com esperança e fé. Nestes meses Santa Rita deixa seu exemplo de esposa, mãe e religiosa em sua peregrinação.